A Ler
Ciclo “Imagem Comparada” no IPF (Lisboa)

Ciclo “Imagem Comparada” no IPF (Lisboa)

Ciclo "Imagem Comparada" no IPF Lisboa

Data: 11 dezembro, 2019 (4ª feira) Hora: 18:00
Local: Instituto Português de Fotografia de Lisboa (R. Ilha Terceira 31, 1000-172 Lisboa)
Informações adicionais: Blog do IPF
Preço: Entrada livre

Convidados: Jorge Molder, Artur Ramos, Armando Caseirão

O ciclo Imagem Comparada prefigura-se como um espaço para uma série de conversas e troca de ideias em mesa redonda ao longo do ano, percorrendo vários géneros da representação e da imagem: Natureza-morta, Paisagem e Figura humana serão os troncos principais. Nesta primeira abordagem destacaremos na Figura Humana o sub-tema do retrato, onde a auto-representação as selfies e o auto-retrato são os temas em foco, apesar dos diferentes suportes e meios de expressão como a pintura, o desenho ou a fotografia. (Via IPF)

SOBRE OS CONVIDADOS

Jorge Molder

Licenciado em Filosofia pela Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa. A partir do final dos anos 70 dedica-se à fotografia, alicerçando todo o seu trabalho na pesquisa sobre a autorrepresentacção, frequentemente evocando personagens do mundo literário e artístico como Joseph Conrad, Samuel Beckett, Lucian Freud e Francis Bacon, através da construção de narrativas seriadas ficcionadas.

As diferentes séries articulam-se numa sequência performativa na qual o artista constrói um universo a partir das suas referências filosóficas, cinematográficas e literárias. Neste jogo de ambivalências encontramos também a própria fotografia e a sua história, no confronto entre o registo documental da realidade e a sua dimensão espectral. Entre 1990 e 2009 foi o diretor do Centro de Arte Moderna da Fundação Calouste Gulbenkian.

O artista representou Portugal nas Bienais de São Paulo (1994) e de Veneza (1999). Em 2007, recebeu o prémio da AICA/Associação Internacional de Críticos de Arte. A sua obra tem sido exibida em exposições nacionais e internacionais, nomeadamente no Centre Georges Pompidou, Paris (1993); Centro Cultural de Belém (2000); Hamburger Kunsthalle, Hamburgo (2007); Palazzo Fortuny Veneza (2007); Palais des Beaux-arts de Bruxelas (2008), e Fundação Calouste Gulbenkian (2009); e está representada em diversas coleções públicas e privadas, nacionais e internacionais. (Via Museu de Arte Contemporânea do Chiado)

Artur Ramos

Artur Ramos, nasceu em Aveiro em 1966. Licenciado em Pintura pela Faculdade de Belas-Artes da Universidade de Lisboa em 1992. Mestre em Estética e Filosofia da Arte pela Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa em 2001. Doutor em Desenho pela Faculdade de Belas-Artes da Universidade de Lisboa em 2007. É docente de Desenho na FBAUL desde 1995. É autor de várias publicações sobre retrato das quais se destaca o livro publicado em 2010, Retrato: o Desenho da Presença.

Participou em inúmeras exposições das quais se destacam as exposições individuais: Da Beleza Da Sombra À Luz Do Olhar, desenhos e pinturas, na Galeria SOCTIP em Lisboa em 1992, Desenhos, na Galeria da Sociedade Cooperativa de Gravadores Portuguesa Gravura, em Lisboa, 1995, O Olhar da Paisagem, Desenho e Pintura, na Galeria de Colares em Colares, em 2004 e Corpos Desconhecidos, no Museu Militar de Lisboa em 2018.

O seu estudo académico e a sua produção artística questionam os limites da correção sem a perda da semelhança na representação da figura humana e em particular no retrato. Como pode um retrato ou uma figura ser mais convincente que o próprio modelo. Como pode uma representação mostrar tudo aquilo que a pessoa é mas que dificilmente dá a ver, é a principal questão que os seus textos, desenhos ou pinturas procuram formular.

(Via Belas Artes – Universidade de Lisboa)

Ver Também


Armando Caseirão

Investigador do CIAUD desde 2008

A. Jorge Caseirão, artista plástico e investigador, nasceu em Lisboa no inicio dos anos 60. Dedicou largo período à pintura de objectos construídos e pintura em suporte recortado tendo sido representado pela Galeria Novo-Século, de Lisboa, para, nos últimos anos apresentar trabalhos em suporte fotográfico.

Actualmente, com forte dedicação ao desenho – licenciado em Pintura, Mestre em Teorias da Arte, e Doutorado em Desenho – ESBAL e FBAL, utiliza a maquina fotográfica como um meio, tendo o seu trabalho um carácter transversal, abraçando o desenho, a pintura, a escultura e a instalação. Foi cenografista da RTP,(Rádio Televisão Portuguesa), sendo actualmente Professor Auxiliar na Faculdade de Arquitectura, da disciplina do Desenho.

(Via CIAUD)

Ver Comentários (0)

Deixe uma resposta

© 2019 EFECETERA - O "EFE" É DE FOTOGRAFIA. ALL RIGHTS RESERVED.

Ir para o topo