A Ler
Barcelona, Fotografia e Revolução Social

Barcelona, Fotografia e Revolução Social

O Arxiu Fotogràfic de Barcelona (Arquivo Fotográfico de Barcelona) expõe parte do riquíssimo espólio reunido pela Oficina de Información y Propaganda da CNT-FAI durante a Guerra Civil.

Miliciana no quartel Bakunin (agora Bruc) em 27 de agosto de 1938 / © ANTONI CAMPAÑÀ

O AFB e o Quotidian Life Observatory (OVQ), com a colaboração da Fundação Anselmo Lorenzo e do Ateneo Enciclopédico Popular, apresentam a exposição “Gràfica Anarquista. Fotografia i Revolució Social, 1936-1939

Livraria, 1938 / Autor Desconhecido

A exposição propõe um passeio pela coleção fotográfica do Escritório de Informação e Propaganda que a CNT-FAI criou em Barcelona durante a Guerra Civil, com o objetivo de articular e expandir o novo imaginário da revolução social no contexto da combate ao fascismo.

Ver Também


Membros do Conselho da seção técnica da União de Água, Gás, Eletricidade e Combustível da CNT de Barcelona, ​​em 1937 / © PÉREZ DE ROZAS (AFB)

A exposição estará patente desde 27 de novembro passado até 16 de maio de 2020, no Arquivo Fotográfico de Barcelona (95PJ+QP Barcelona, Espanha), perto do Parc de la Ciutadella.

Inauguração da Biblioteca Popular de Jovens Libertários e Mulheres Livres de Sants, em 1936 / Autor Desconhecido
Colectividade do Município de Castellví de la Marca, em 1937 © PÉREZ DE ROZAS (AFB)
Milicianos no quartel Bakunin (hoje Bruc) fotografados por Antoni Campañà em 27 de agosto de 1936 / © ANTONI CAMPAÑÀ
Coletividade geral de Amposta (Tarragona), em 1937 / © PÉREZ DE ROZAS (AFB)
A casa da CNT-FAI, no segundo aniversário da morte de Buenaventura Durruti, em 20 de novembro de 1938 / Autor Desconhecido
Miliciano no quartel Bakunin (agora Bruc) em 27 de agosto de 1936 / © ANTONI CAMPAÑÀ
Ver Comentários (0)

Deixe uma resposta

© 2019 EFECETERA - O "EFE" É DE FOTOGRAFIA. ALL RIGHTS RESERVED.

Ir para o topo