A Ler
Canon EOS R5 – Entrevista com David Parry (Canon)

Canon EOS R5 – Entrevista com David Parry (Canon)

Canon EOS R5 - Imagens da nova câmera da Canon

Já ninguém teria grandes dúvidas que, por força das especificações que foram sendo divulgadas – tanto de forma oficial como de forma oficiosa – a nova e muito ansiada Canon EOS R5 seria uma digna sucessora da Canon EOS 5D Mark IV, i.e., o passo lógico na evolução DSLR para mirrorless no segmento profissional da fabricante.

Canon EOS R5 - Imagens da nova câmera da Canon

Ainda assim, se alguma dúvida existia, ficou certamente respondida com a entrevista que David Parry, (Especialista de Marketing de Produto da Canon) concedeu ao Techradar e que publicamos na íntegra e em português.

TechRadar – O corpo da Canon EOS R5 é baseado na EOS R?

David Parry – O que pode ver é que, na verdade, é um pouco maior que a EOS R no topo. Na minha opinião esse facto dá-lhe uma aparência de DSLR.

TR – Porque é que a EOS R5 não possui a touchbar da EOS R?

D.P. – Temos o joystick em vez da barra multifunções (touchbar). Toda a gente sabe que a barra na EOS R teve uma resposta mista – algumas pessoas realmente gostaram, outras pessoas realmente não a conseguiram entender. Então, talvez seja uma aposta mais segura (o joystick) já que mais pessoas estão habituadas ao multicontrolador (joystick). Como se trata de uma série 5, há mais pessoas neste tipo de nível que esperam funções semelhantes às que se obtêm numa 5D.

TR – Então é por isso que esta câmera recebeu o nome de EOS R5?

D.P. – É voltada para esse nível de mercado, sim, mas não substitui a 5D Mark IV ou algo assim. Esta é uma série 5 sem espelho (mirrorless), é voltada para esse segmento do mercado. O que faz sentido, porque nos dias do filme tínhamos a EOS 5, depois com as DSLRs tínhamos a 5D e agora temos a R5. Portanto, é o mesmo tipo de segmento.

TR – De uma forma mais geral, sem falar de especificações, a quem é destinada a Canon EOS R5? Que tipo de fotógrafo a comprará?

D.P. – Este será um produto completo, no sentido de que é full-frame, possui elevada taxa de disparos (20fps e 12fps, no obturador mecânico e electrónico, respectivamente) e uma incrível capacidade para vídeo com os 8K. Será portanto, um produto incrivelmente poderoso.

Como o nome do produto indica, o tipo de consumidor que o comprará será o utilizador da série 5, será esse o nível deste produto. Será para alguém que o usa profissionalmente assim como para alguém que o usa de forma semi-profissional.

Mas não vamos esquecer que há muitos entusiastas por aí que adoram produtos deste nível. Não é direcionado a nenhum género específico de fotografia, da mesma forma que a 5D evoluiu para esse tipo de câmera abrangente. A série 5 é vista em todos os tipos de situações fotográficas que se possam imaginar.

TR – A EOS R5 possui credenciais de vídeo impressionantes. Como é que o produto lida com os problemas de aquecimento ao gravar vídeo 8K?

Já fazemos isto há algum tempo e aprendemos muitas técnicas para dissipar o calor noutros produtos que temos na nossa linha. Por exemplo, somos capazes de reorganizar a distribuição de componentes e afastá-los mais uns dos outros. Também sabemos como dissipar o calor através do uso de materiais diferentes e isso é algo de que nos orgulhamos de ter feito noutros produtos. É uma coisa que aprendemos no desenvolvimento das nossas câmeras fotográficas e na série Cinema EOS. Há por isso muita tecnologia que sabemos que agora se está a unificar e a dar-nos a capacidade de realmente aprimorar este tipo de especificações.

TR – A EOS R5 possui o Animal Eye AF. Isto funciona tanto em vídeo quanto em fotografia?

D.P. – Não podemos divulgar isso neste momento, mas o que é realmente emocionante para nós é que são cães, gatos e pássaros. Por aquilo que eu sei nenhum outro fabricante mencionou pássaros no Animal AF. Estou ansioso para ver como isso funciona no terreno – porque os pássaros são obviamente muito diferentes entre si e é um espectro bastante amplo. Com cães e gatos há raças diferentes, mas são relativamente semelhantes, enquanto os pássaros podem parecem completamente diferentes entre si, desde as andorinhas até às avestruzes. Isso é muito emocionante.

Ver Também


TR – O foco automático de animais é baseado na mesma tecnologia de Deep Learning que vimos pela primeira vez na Canon 1DX Mark III?

Não estamos a divulgar nada acerca da origem dessa tecnologia mas, mais uma vez, todo o conhecimento que ganhámos no desenvolvimento de outras câmeras, passa para geração seguinte. Eu acho que a tecnologia Deep Learning é muito, muito empolgante – conseguir reconhecer pessoas que estão a usar um capacete e coisas assim, fez a 1Dx Mark III marcar a diferença.

TR – A EOS R5 possui estanqueidade completa para fotógrafos da vida selvagem?

Nunca citamos números relativos à estanqueidade por causa do grande buraco que há na frente da câmera, mas normalmente citamos outro produto que tem o mesmo nível de estanqueidade na nossa linha de produtos. Não sei quais serão as capacidades de protecção contra intempéries deste produto, mas sabemos que as pessoas o usarão em ambientes bastante agressivos, o que é algo que levámos em consideração. Não sei dizer quais são esses números neste produto, mas será bastante robusto, devo dizer.

TR – Finalmente, a situação actual resultante do coronavírus é obviamente difícil para muitos fabricantes. É provável que a EOS R5 esteja atrasada?

Estamos na mesma situação que todos os outros fabricantes, estamos de olho nas coisas e a ver o que podemos fazer. Não é o mesmo, mas já tivemos desastres naturais antes, dessa forma temos um sistema bastante robusto para lidar com coisas como tsunamis e terramotos. Eu sei que isso é muito, muito diferente, mas há estruturas desenvolvidas para este tipo de situações.

Não podemos afirmar se será ou não afectado, mas vamos esperar e ver o que acontece nas próximas semanas. Esta será uma câmera realmente excitante para nós. Está a criar uma grande agitação e queremos que as pessoas gostem realmente deste produto. Por isso, quanto mais cedo o podermos divulgar, melhor.

Ver Comentários (0)

Deixe uma resposta

© 2019 EFECETERA - O "EFE" É DE FOTOGRAFIA. ALL RIGHTS RESERVED.

Ir para o topo