A Ler
Photokina deverá avançar apesar do COVID-19

Photokina deverá avançar apesar do COVID-19

Photokina deverá avançar apesar do COVID-19

No decorrer desta semana, os representantes da Koelnmesse GmbH, entidade responsável pela Photokina (27 a 30 de maio), comunicaram em conferência de imprensa que teve lugar em Colónia, na Alemanha, que, pelo menos por enquanto, não há razões para cancelar o evento.

Os casos de COVID-19 surgidos em Itália colocaram imediatamente em causa todos os eventos a decorrerem na Europa, mas Christoph Werner, o vice-presidente da Koelnmesse, afirmou que “no momento, não há razão para interromper um evento de grande escala como a Photokina 2020”. A declaração terá sido feita após consulta com a OMS, com o Ministério da Saúde da Alemanha e com as autoridades locais.

Kai Hillebrand, presidente da Deutsche Gesellschaft für Photographie (DGPh), acrescentou ainda que “enquanto as autoridades de saúde não anunciarem que as feiras ou eventos desta natureza devam ser canceladas na Europa, a decisão de participar ficará sempre ao critério dos expositores” o que, se formos rigorosos, é o que acontece sempre, com COVID-19 ou não. De recordar que durante o mês de fevereiro foi anunciado o cancelamento MWC em Barcelona e do CP+ no Japão, este último, um evento de importância maior para a indústria da fotografia. A Photokina parece estar a fazer os possíveis para escapar a esta onda.

É “compreensível” que exista alguma pressão para que o evento se realize, sobretudo se considerarmos que a última edição ocorreu, não no passado, como previsto, mas já em 2018. Nesse ano a Photokina anunciou um formato anual, mas de apenas 3 dias, contudo, a feira de 2019 foi cancelada e 2020 seria a primeira edição de um evento anual. A não ter lugar este ano, a Photokina sofreria um considerável golpe nas suas ambições. Lembramos que já em meados de setembro de 2019, muito antes de qualquer questão relacionada com o COVID-19, se confirmou que Leica, Nikon e Olympus não estariam presentes no evento. No final do ano, logo no início de dezembro, a própria organização confirmou que Canon, Panasonic e Sony estariam presentes no evento de 2020, renovando uma expectativa que, poucos dias depois, sofreria novo revés com o anúncio da ausência da Fujifilm.

Ver Também


Só o tempo poderá esclarecer se a Photokina 2020 será uma realidade ou mais uma das feiras a sofrer o cancelamento por força do COVID-19, mas a verdade é que, com tantas ausências confirmadas e outras certamente a caminho, “sucesso” é uma definição que parece cada vez mais longe do balanço final.

Ver Comentário (1)

Deixe uma resposta

© 2020 EFECETERA - O "EFE" É DE FOTOGRAFIA.

Ir para o topo